Caixa libera mais 3 lotes do FGTS emergencial em setembro. Veja quem recebe

Valor do benefício pela modalidade em 2020 é de até R$ 1.045. Inicialmente, movimentações acontecem exclusivamente pelo aplicativo Caixa Tem.

Em setembro, a Caixa Econômica Federal realizará o pagamento de mais três lotes do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) da modalidade emergencial. Receberão até R$ 1.045 os beneficiários nascidos em outubro, novembro e dezembro.

Inicialmente, os créditos serão depositados em conta poupança social da Caixa para o pagamento de boletos ou compras pelo cartão de débito virtual e QR Code. Os beneficiários deverão aguardar algumas semanas até a liberação do dinheiro em espécie (saques e transferências).

Como funciona o FGTS emergencial?

O governo anunciou em abril que liberaria um saque emergencial do FGTS para minimizar os impactos da pandemia do novo coronavírus. Os depósitos começaram no dia 29 de junho e seguirão válidos até 21 de setembro, conforme nascimento dos trabalhadores.

Já o calendário de saque e transferência se estende até o dia 14 de novembro. Quem não quiser receber o saque emergencial deve avisar com dez dias de antecedência.

Calendários FGTS emergencial

Datas dos depósitos para movimentação via app Caixa Tem

  • 29 de junho: nascidos em janeiro;
  • 6 de julho: nascidos em fevereiro;
  • 13 de julho: nascidos em março;
  • 20 de julho: nascidos em abril;
  • 27 de julho: nascidos em maio;
  • 3 de agosto: nascidos em junho;
  • 10 de agosto: nascidos em julho;
  • 24 de agosto: nascidos em agosto;
  • 31 de agosto: nascidos em setembro;
  • 8 de setembro: nascidos em outubro;
  • 14 de setembro: nascidos em novembro;
  • 21 de setembro: nascidos em dezembro.

Datas de saque e transferência para contas de outros bancos

  • 25 de julho: nascidos em janeiro;
  • 8 de agosto: nascidos em fevereiro;
  • 22 de agosto: nascidos em março;
  • 5 de setembro: nascidos em abril;
  • 19 de setembro: nascidos em maio;
  • 3 de outubro: nascidos em junho;
  • 17 de outubro: nascidos em julho;
  • 17 de outubro: nascidos em agosto;
  • 31 de outubro: nascidos em setembro;
  • 31 de outubro: nascidos em outubro;
  • 14 de novembro: nascidos em novembro;
  • 14 de novembro: nascidos em dezembro.

Lembrando que podem sacar os cidadãos que possuem saldo disponível em contas ativas (do emprego atual) ou inativas (de empregos anteriores) no FGTS.

Leia ainda: Dinheiro adiantado! Veja como antecipar o auxílio de R$ 600 e FGTS de até R$ 1.045

Voltar ao topo

Deixe um comentário