scorecardresearch ghost pixel

Saiba como funciona o cartão de crédito digital e sem anuidade do Beblue

Novo cartão Beblue possui limite que varia entre R$ 1 mil a R$ 10 mil. Clientes antigos possuem mais chances de aprovação de maior crédito.

As fintechs têm trazido novidades para o mercado e uma delas é o cartão de crédito digital do Beblue. Porém, diferente das demais concorrentes, como o Nubank, digio e Credicard ZERO, a versão física do produto não será liberada. Até o momento, mais de um milhão de consumidores estão na sua lista de espera.

Com o lançamento do novo cartão de crédito do Beblue, a empresa amplia a experiência do cliente. Assim, além do aplicativo cheio de descontos e programa de cashback, o usuário passa a ter um cartão de crédito digital com zero anuidade.

No entanto, o produto é aceito apenas nos estabelecimentos comerciais credenciados, sendo cerca de 15 mil espalhados nas mais de 200 cidades em 10 estados do país.

Como pedir o novo cartão de crédito Beblue?

A solicitação do novo cartão de crédito Beblue exige a abertura da conta no aplicativo, disponível para download na Google Play e App Store. O pedido não exige pagamento de anuidade ou demais taxas.

O limite do cartão liberado pode ser entre R$ 1 mil a R$ 10 mil. Já os clientes antigos possuem maiores chances de conseguir a aprovação do crédito mais elevado.

Porém, vale ressaltar que em caso de atrasos no pagamento da fatura, os juros vão de 7,99% a 16,90% ao mês.

Como usar o cartão de crédito digital do Beblue?

Para utilizar o cartão Beblue é preciso informar CPF no caixa e digitar a senha escolhida no aplicativo. Outra opção é pela tecnologia de pagamento por aproximação do celular.

“Não queremos ficar limitados a uma única opção de pagamento. Começamos pelo CPF e senha porque com a NFC o cliente fica dependente do celular. Se acabar a bateria ou se não houver internet, ele consegue finalizar a compra mesmo assim”,  disse o cofundador e CEO do Beblue, Daniel Abbud.

Leia ainda: will bank começa a liberar limite no cartão de crédito; Saiba mais sobre o banco digital


Veja mais sobre

Voltar ao topo

Deixe um comentário