scorecardresearch ghost pixel

Confirmado! Governo antecipará 13º salário do INSS em 2021; Saiba como vai funcionar

Enquanto a primeira parcela sairá em agosto, correspondendo 50% do benefício, segunda deve sair em novembro, no pagamento do restante do saldo.

O 13º salário de aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) será antecipado em 2021. A novidade foi confirmada por meio do Decreto nº 10.410, publicado no Diário Oficial da União (DOU), e responsável por regulamentar a nova medida.

A partir de agora, conforme o texto, o abono anual pago aos segurados da autarquia acontecerá em duas parcelas nos próximos anos. Enquanto a primeira sairá em agosto, correspondendo 50% do benefício, a segunda deve sair em novembro, no pagamento do restante do saldo.

Pagamento conjunto

O pagamento do 13º salário vai acontecer de forma conjunta com o recebimento do benefício do mês correspondente, neste caso agosto e novembro. É importante destacar que a antecipação vai favorecer os beneficiários que possuem direito à:

  • Auxílio-doença;
  • Aposentadoria;
  • Auxílio-reclusão;
  • Auxílio-acidente;
  • Salário maternidade; e
  • Pensão por morte;

Outras alterações

Além da mudança para os beneficiários do INSS, o Decreto nº 10.410 ainda dispõe de outras novidades, uma delas envolvendo a contribuição individual. De acordo com o texto da normativa, novas categorias de trabalhadores poderão fazer parte da modalidade, sendo:

  • Artesãos;
  • Representantes;
  • Empregados com contrato de trabalho intermitente; e
  • Motoristas de aplicativo.

Para mais, outras mudanças tratam da extensão dos direitos previdenciários de trabalhadores domésticos que, a partir do decreto, podem receber benefícios acidentários, além da alteração do salário-família, que terá um valor unificado de R$ 48,62.

Leia ainda: Teto do INSS pode pagar R$ 6.351 em 2021; Entenda projeção!


Veja mais sobre

Voltar ao topo

Deixe um comentário