scorecardresearch ghost pixel



Fundos imobiliários com maior recomendação para compra em dezembro de 2020

Em cenário de instabilidades, FIIs devem ser monitorados. Sem modificações na carteira do último mês do ano, favoritismo fica para galpões logísticos.



Com o início da vacinação contra a Covid-19 no Reino Unido e a esperança para sua chegada nos outros países, o mercado financeiro reage de forma positiva. Por outro lado, o crescimento no número de casos da doença no Brasil e novos limites impostos em São Paulo podem refletir sobre os fundos imobiliários, que devem ser monitorados.

Um estudo feito com nove analistas apontou que gestores não efetivaram movimentações expressivas no portfólio recomendado de fundos imobiliários para dezembro. O foco permaneceu no setor de galpões e em instituições como BTG Pactual Logística, XP Log e Vinci Logística.

“O setor tem se mostrado o mais resiliente e com novos desenvolvimentos para entrega nos próximos anos. A logística ainda tem muito o que ser desenvolvida no Brasil e isso traz oportunidade tanto para os desenvolvedores, quanto para gestores de FIIs e investidores”, afirma o analista de fundos imobiliários da Eleven Financial Research, Raul Grego.

O fundo híbrido do Credit Suisse, CSHG Renda Urbana, assim como o fundo de FIIs RBR Alpha pertencem à lista compilada.

Novidades no mercado de FIIs

Para os investidores com interesse no segmento, o mercado local de fundos imobiliários foi presenteado com duas novidades nas últimas semanas. São elas, o primeiro ETF de FIIs e a disponibilidade do aluguel de cotas.

De acordo com o analista de FIIs da Eleven Financial Research, embora o aluguel para FIIs ainda seja restrito a certos ativos, é um “bom sinal” de maturidade da indústria. Além disso, deve colaborar com o acréscimo de liquidez do mercado.

Fundos imobiliários recomendados

Confira a lista dos fundos imobiliários mais recomendados para compra em dezembro pelos analistas, com retornos em novembro e em 12 meses, respectivamente:

  1. BTG Pactual Logística (BTLG11): 5 recomendações (+1,90% e +24,71%)
  2. Vinci Logística (VILG11): 5 recomendações (-1,42% e +9,45%)
  3. CSHG Renda Urbana (HGRU11): 4 recomendações (+2,06% e +6,78%)
  4. RBR Alpha Multigestão (RBRF11): 4 recomendações (-0,48% e +10,33%)
  5. Ifix (IFIX): – (1,51% e -2,83%)

A seleção teve como fontes a Economatica e nove corretoras – XP, BTG Pactual, BB Investimentos, Genial, Guide, Ativa Investimentos, Mirae Asset, Necton e Santander Corretora.

Veja ainda: Duratex autoriza pagamento de JCP de R$ 0,3143 por ação




Veja mais sobre

Voltar ao topo

Notícias relacionadas

Deixe um comentário