scorecardresearch ghost pixel

É seguro deixar dinheiro no Nubank? Saiba se você pode ter prejuízo ao guardar valores na conta digital

Relatos de "sumiço de dinheiro" do Nubank deixaram usuários preocupados sobre a segurança da conta digital. Confira se opção é segura.

Recentemente, muitos usuários do Nubank relataram casos de “sumiço de dinheiro” de suas contas digitais. O mesmo aconteceu com clientes da carteira digital PicPay. Com isso, os clientes e pessoas que pretendem abrir uma conta ficaram na dúvida se guardar suas reservas em fintechs é realmente uma opção segura.

Em ambos os casos, foi realizada uma análise, na qual concluiu-se que os valores que haviam sumido das contas digitais eram relacionados ao auxílio emergencial. Houve um erro da Caixa Econômica Federal no momento da transferência do benefício. A instituição passou valores superiores ao que alguns usuários tinham direito, e posteriormente fez a retificação.

Desta forma, esses clientes acreditaram que o dinheiro havia sumido de suas contas. No entanto, isso não ocorreu, uma vez que se tratou apenas de uma correção do erro cometido pela Caixa.

Nubank é seguro?

Considerando que o “sumiço de dinheiro” no Nubank foi apenas um episódio isolado, provocado por um erro na transferência de valores do auxílio emergencial, não há razão para ficar preocupado quanto a segurança da conta digital.

Vários fatores reforçam que é seguro deixar dinheiro no Nubank. Um deles é a própria fintech, que vem ganhando cada vez mais espaço no mercado e conquistando mais clientes. Embora a instituição venha registrando prejuízo nos últimos anos, o crescimento e faturamento da empresa é nítido.

Ademais, os valores depositados no Nubank são garantidos pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC), uma associação civil sem fins lucrativos que tem a função de proteger e, se for o caso, ressarcir investidores, correntistas e poupadores. Assim, mesmo em uma eventual falência do Nubank, os clientes poderiam recuperar seus depósitos e créditos.

O Fundo tem limite garantido de até R$ 250 mil por CPF ou CNPJ. Com a garantia pelo FGC, cada usuário receberia seu dinheiro de volta no prazo de até 60 dias após o decreto de falência da fintech.

Sobre o Nubank

O Nubank é uma fintech brasileira, fundada em 2013 por Cristina Junqueira, Edward Wible e David Vélez. A empresa surgiu com o objetivo de simplificar a vida financeira das pessoas, trazendo soluções fáceis de forma totalmente digital.

Atualmente, o Nubank atua também fora do Brasil, e conta com uma filial no México e um escritório na Alemanha. No início de 2020, a fintech atingiu a marca de 20 milhões de clientes, e com isso, se tornou a sexta maior instituição financeira do país e a maior fintech da América Latina.

Leia também: Mais crédito? Conheça dica matadora para aumentar limite do cartão Nubank em 2021


Veja mais sobre

Voltar ao topo

Deixe um comentário