scorecardresearch ghost pixel

Microcrédito Bolsa Família libera de R$ 4 mil até R$ 15 mil a beneficiários

Ao todo, medida prevê liberar até R$ 4 bilhões em operações de microcrédito; saiba como contratar.

Por meio do Programa Progredir, o governo federal oferece um conjunto de ações que promovem a autonomia, geração de emprego e renda das famílias inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) e Bolsa Família. Quem é microempreendedor individual, e faz parte do banco de dados, também tem o acesso a inúmeras vantagens.

Dentre elas, está a oferta de uma linha de crédito com condições especiais para quem deseja empreender ou desenvolver seu negócio. O limite das contratações varia de R$ 4 mil a R$ 15 mil. Ao todo, o programa prevê liberar até R$ 4 bilhões em operações de microcrédito.

Sobre o Progredir

Com apoio ao empreendedorismo e qualificação profissional, o Programa Progredir atua no encaminhamento do cidadão de baixa renda ao mercado de trabalho, na tentativa de contribuir para o fortalecimento das suas capacidades individuais e gerar sua independência econômica.

Sob coordenação da Secretaria de Inclusão Social e Produtiva do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), com apoio de parcerias públicas e privadas, o plano atua de forma conjunta e integrada em três eixos:

Intermediação de mão de obra

  • Cruzamento dos perfis dos candidatos e das vagas de emprego oferecidas por empresas parceiras;
  • Encaminhamento para o mercado de trabalho;
  • Ferramenta para elaboração de currículos;
  • Identificação do perfil dos candidatos.

Qualificação profissional

  • Ferramenta on-line de localização de Centros Vocacionais Tecnológicos para apoiar o acesso a cursos de formação profissional;
  • Oficinas de educação financeira para mais de 100 mil famílias;
  • Ferramenta online de localização de telecentros para apoiar o acesso a cursos de inclusão digital;
  • Bolsas para Agentes de Inclusão Digital;
  • 1 milhão de vagas em cursos do Pronatec Oferta Voluntária.

Empreendedorismo

  • Assistência técnica e inclusão financeira para trabalhadores autônomos inscritos no Cadastro Único;
  • Incentivos para a concessão de até R$ 3 bilhões por ano em microcrédito para as famílias do Cadastro Único investirem em pequenos negócios.

Empréstimo Bolsa Família

De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Social, cerca de 1,5 milhão de pessoas serão beneficiadas com o microcrédito. Para se ter uma ideia, até maio de 2020, R$ 3,3 bilhões foram liberados e utilizados pelo público de inscritos no CadÚnico e Bolsa Família, na abertura ou manutenção do seu próprio negócio.

A ideia é garantir o acesso ao crédito para os cidadãos em situação de vulnerabilidade que, em outras circunstâncias, não teriam acesso aos recursos, sobretudo por não contarem com garantias para o pagamento das prestações.

Saiba como solicitar

O primeiro passo para solicitar a linha de crédito é possuir inscrição no Cadastro Único. A segunda etapa consiste no cadastro do Programa Progredir, disponível no site da Secretaria Especial do Desenvolvimento Social.

Feito isso, o interessado deve escolher entre duas opções de crédito oferecidas conforme o perfil, se para empreendedor, ou seja, a quem já possui um negócio, ou se para aqueles que desejam dar o pontapé inicial em uma empresa.

Na próxima parte são realizadas as avaliações pelo bancos parceiros das informações fornecidas no formulário. A partir daí, as instituições vão verificar a viabilidade ou não do microcrédito.

Leia ainda: Empréstimo para empreendedores e Pix sem taxas? Conheça as novidades do Banco Original


Veja mais sobre

Voltar ao topo

Deixe um comentário