scorecardresearch ghost pixel

Redução de jornada e salário retornam a qualquer momento, confirma Guedes

No ano passado, o programa permitiu que jornadas de trabalho fossem reduzidas ou suspensas de forma temporária e com diminuição salarial.

Uma nova rodada do Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda (BEm) poderá ser anunciada a qualquer momento, como afirmou o ministro da Economia, Paulo Guedes, nesta última terça-feira, 6, durante evento virtual do Itaú Latam. No ano passado, o programa permitiu que jornadas de trabalho fossem reduzidas ou suspensas de forma temporária, com diminuição salarial, por causa dos efeitos da pandemia de covid-19.

Segundo Guedes, o BEm ajudou a preservar um terço dos empregos com carteira assinada no ano passado, garantindo 140 mil novos empregos em um ano de crise. O ministro explicou que a prioridade do governo no início da gestão era aprovar reformas estruturais, porém as medidas emergenciais, como o benefício emergencial de preservação do emprego quando os casos de covid-19 começaram a aumentar.

“As políticas no Brasil funcionaram bem, na comparação com outros países. Neste sentido, a economia brasileira retornou em “V”, disse o ministro. Ele ainda acrescentou. “Atravessamos uma primeira onda e agora veio uma segunda, ainda mais forte, por esse motivo, o governo retomou algumas medidas protetivas, como o auxílio emergencial“, explicou.

Veja também: Siga passo a passo para consulta do auxílio 2021 e saiba se você foi aprovado


Voltar ao topo

Deixe um comentário