scorecardresearch ghost pixel



Auxílio-doença para cuidar de familiar doente já está liberado?

Esse direito pode ser solicitado em caso de filhos, enteados ou cônjuges que estejam doentes.



O auxílio-doença parental é um benefício que ainda é exclusivo de servidores públicos. Ele é liberado em caso de doença de algum familiar do seu núcleo principal. Esse direito pode ser solicitado em caso de filhos, enteados ou cônjuges que estejam doentes.

Veja também: Como o ICMS afeta o preço dos combustíveis no Brasil?

Um projeto de lei que tramita no Senado quer trazer esse benefício para toda a população. O projeto foi aprovado no Senado e está na Câmara dos Deputados,  aguardando parecer do relator na Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público (CTASP).



Você apenas é elegível para benefício de auxílio-doença parental se:

  • Está em casa cuidando de seu parente próximo e impossibilitado de trabalhar.
  • Se você é o pai ou mãe da criança ou tem a custódia dela.
  • Você é casado(a) ou vive junto com seu cônjuge.
  • Se você for um trabalhador do serviço público.

Quantos dias de auxílio-doença parental eu recebo?

O subsídio é pago por 90 dias (aproximadamente 03 meses) para um servidor público. O auxílio é baseado na sua renda.

Auxílio-doença

Se você faltar ao trabalho por motivo de doença, pode ter direito ao auxílio-doença. O valor do auxílio-doença que você recebe não é afetado pela causa de sua doença.



Se o seu empregador for responsável pela sua incapacidade, você tem o direito legal de fazer uma reclamação por danos pessoais. Isso se aplica tanto a uma lesão física sofrida no trabalho quanto a uma lesão psicológica, como estresse.

Um funcionário pode pedir férias remuneradas pelo tempo em que estiver ausente do trabalho por doença. Eles podem fazer isso se não se qualificarem para o auxílio-doença, por exemplo.




Voltar ao topo

Deixe um comentário