scorecardresearch ghost pixel



Empresas podem ser processadas por mensagens fora do horário de trabalho

No Brasil, mensagens do trabalho fora do horário de expediente podem render processos trabalhistas.



Nosso trabalho (e telefone) nos segue por toda parte. A popularidade crescente das ferramentas de colaboração de negócios, ao mesmo tempo que melhora a forma como as equipes trabalham juntas, torna difícil realmente “desligar” o trabalho quando saímos do escritório.

Veja também: Confira os tipos de mensagens que você não pode enviar pelo WhatsApp

É especialmente difícil estabelecer esses limites de local de trabalho quando sua equipe está remota. Basta perguntar no trabalho e você ouvirá algumas histórias interessantes de como seus colegas de trabalho que costumam checar o whatsapp após o horário comercial e responder com medo de perder tudo.



Trabalhar após o término do dia de trabalho pode levar à ansiedade, estresse e esgotamento criativo. Além do mais, ele torna o equilíbrio entre vida pessoal e profissional uma meta difícil de alcançar para seus funcionários.

O fato é que governos em todo o mundo agora estão acordando para o problema. No Brasil, mensagens do trabalho fora do horário de expediente podem render processos trabalhistas e obrigação de pagamento de horas-extras.



Legalmente, um chefe não deve enviar uma mensagem de texto para seus funcionários antes e depois do horário comercial. Isso deve ser feito apenas em uma emergência.

A responsabilidade recai sobre as empresas em gerenciar melhor as expectativas organizacionais de como e quando seus funcionários se comunicam. Nosso conselho: mantenha a conversa de trabalho dentro do horário de trabalho. Seus funcionários apreciarão ser tratados como pessoas e não como recursos.




Voltar ao topo

Deixe um comentário