scorecardresearch ghost pixel



Auxílio de R$ 1.000 para desempregados e MEIs é liberado; Saiba como participar

Medida é ideal para quem deseja abrir um pequeno negócio ou formalizar alguma atividade e crescer no mercado.



O Bolsa Empreendedor é um programa inédito criado para apoiar cidadãos desempregados e empreendedores informais em situação de vulnerabilidade social. A ação acontece sob gestão da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo.

Leia mais: Bolsonaro pode liberar vale-gás como ‘presente de natal’; Conheça as regras 

Na prática, foram estabelecidos três pilares para o projeto, a saber: oferta de curso de qualificação empreendedora, formalização como microempreendedor individual (MEI) e pagamento de bolsa-auxílio no valor de R$ 1 mil, repassada em duas parcelas de R$ 500.



O Bolsa Empreendedor do Governo de São Paulo é ideal para quem deseja abrir um pequeno negócio ou formalizar alguma atividade e crescer no mercado. Podem participar cidadãos desempregados ou informais, sendo prioridade mulheres, jovens, pretas, pardas, indígenas ou pessoas com deficiência (PcD).

Os participantes também precisam atender as demais condições: residir no Estado de SP, ser desempregado ou MEI, ser maior de 18 anos e ser alfabetizado. A prioridade das vagas também inclui jovens com até 35 anos de idade.



Sobre os cursos de empreendedorismo

Veja a seguir como vão funcionar os cursos oferecidos pelo programa:

  1. Aos candidatos selecionados no Bolsa Empreendedor, serão disponibilizados cursos do programa Empreenda Rápido em parceria com o Sebrae.
  2. Os cursos serão ministrados nos formatos online e presencial, com duração de uma semana e carga horária média de 20h.
  3. Todas as instruções para acesso ao curso, como data, sala virtual ou local físico em seu município e horário, serão encaminhadas pelo Sebrae via SMS ou e-mail do participante.


Como se inscrever

As inscrições para o Bolsa Empreendedor acontecem até o dia 3 de janeiro. Para demonstrar interesse, basta acessar o site do programa. Lembrando que é necessário atender todas as condições previamente estabelecidas.

Para esclarecer eventuais dúvidas, fale diretamente com a central de atendimento pelo 0800 7979 800 (atendimento de segunda a sexta, das 8h às 18h). O atendimento eletrônico permanece ativo por 24h. Outra opção é o (11) 98714-2645, através do WhatsApp (atendimento eletrônico 24h).




Voltar ao topo

Deixe um comentário