scorecardresearch ghost pixel



Clareamento dental caseiro com bicabornato funciona? É seguro?

Popularidade do procedimento entre influenciadores fez com que muitas pessoas buscassem métodos caseiros para clarear o sorriso e deixá-lo mais bonito.



A busca pelo sorriso perfeito fez com que o mercado de clareamento dental tivesse um boom nos últimos anos, com a previsão de movimentar cerca de US$ 840 milhões até 2024. Os dados foram obtidos através de pesquisa feita pela empresa Technavio.

Leia mais: Dicas para limpar o ventilador de forma rápida com saco plástico

A tendência em ter os dentes super brancos é estimulada, sobretudo, pelo grande sucesso do procedimento entre os influenciadores e celebridades. Tamanha popularidade fez com que muitas pessoas buscassem métodos, inclusive caseiros, para clarear o sorriso e deixá-lo mais bonito.



Clareamento dental caseiro com bicabornato

Ao buscar na internet dicas para deixar o dente mais branco, uma infinidade de receitas caseiras prometem solucionar o problema de dentes amarelados, a maioria delas utilizando bicabornato de sódio. Mas será que isso é seguro?

De acordo com Laís Munari, professora de odontologia laboratorial no Centro Universitário Newton Paiva, em Minas Gerais, tal prática exige cuidado e atenção. A especialista explica que, com o tempo, o esmalte do dente pode se desgastar e deixar a dentina (tecido interno) mais visível.



Laís Munari ainda alerta para a eficácia da substância, que para ela é bastante variável e deve ser aplicada em conjunto com outros produtos. Para um resultado satisfatório em relação à coloração natural dos dentes, o uso de  gel clareador pode ser uma solução prática e mais em conta.

“Em concentrações específicas e associado a produtos odontológicos, como dentifrícios ou agentes clareadores, o bicarbonato de sódio se mostra efetivo na remoção de manchas extrínsecas. No entanto esse não é o caso dos produtos comercializados em farmácias e supermercados”, explica.

Casos em que o produto não é recomendado

De acordo com a especialista, não todas as pessoas que podem recorrer a esse método como forma de clarear os dentes.



“No caso de pacientes com doenças sistêmicas que comprometem o metabolismo de sódio e potássio, existe a possibilidade de o bicarbonato interferir no tratamento. Por isso, é importante que o cirurgião-dentista participe da escolha dos produtos mais adequados para cada paciente e faça uma supervisão ao longo de todo o tratamento”, declarou.

Apesar dos mitos e verdades que rodeiam o uso de bicabornato para clarear os dentes, a professora reforça que ele tem papel importante na odontologia, principalmente na prevenção de lesões cariosas e doença periodontal. Isso se dá pelo seu poder bactericida, capaz de auxiliar na limpeza dos dentes e de próteses totais ou removíveis.

Lembrando que a vista regular a um dentista é um fator primordial para a conquista de um sorriso mais saudável.




Voltar ao topo

Deixe um comentário