scorecardresearch ghost pixel



14º salário do INSS está confirmado para março? Confira quem recebe

O 14º salário do INSS depende da aprovação de um projeto de lei que está parado na Câmara dos Deputados.



O pagamento do 14º salário do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) ainda não foi aprovado. Com isso, só cresce a expectativa de segurados do instituto, já que o dinheiro a mais vem sendo prometido há bastante tempo. E pelo visto, ainda não tem prazo para chegar.

Leia mais: INSS: Valores das contribuições sobem a partir de fevereiro; Confira a tabela

Mesmo com a data de previsão do pagamento tendo sido anunciada muito antes, a previsão não deve ser cumprida pela demora na aprovação do 14º salário.

14º salário do INSS

Por isso, se você está em dúvida se o pagamento será ou não aprovado, a dica é não faze compromisso com esse dinheiro extra. Já que a previsão para março está quase vencendo e a discussão pouco avançou até agora.



O projeto de lei que trata do pagamento do 14º salário está parado na Câmara dos Deputados, mesmo tendo ganhado um pouco de força no final de 2021. Assim, com o texto sem previsão de ser votado, a expectativa de liberação do recurso para março é pouco provável de se confirmar.

O texto precisa passar pela Comissão de Constituição e Justiça. Depois segue para o Senado Federal e, por último, para sanção do presidente Jair Bolsonaro.

Todas essas etapas levam tempo. Inicialmente a previsão era pagar o 14º salário em dois anos, sendo 2020 e 2021. Mas, claro, as datas já venceram e agora passaram para março de 2022 e março de 2023. Quanto aos valores do 14º salário, eles seguiriam os mesmos que já foram pagos no 13º.

Outra definição pelo projeto de lei é quanto ao valor máximo a ser pago pelo salário extra. Ou seja, não deve ultrapassar o referente a dois salários mínimos. Assim, quanto à dúvida de quem poderá receber o dinheiro extra do 14º salário do INSS, o projeto de lei prevê que o pagamento seja feito a todos os aposentados e pensionistas do instituto.




Voltar ao topo

Deixe um comentário