scorecardresearch ghost pixel



Curtiu o filme ‘Indecente’? Netflix tem mais uma produção de suspense que vai te agradar

Trama lançada em 2007 é protagonizada por Kevin Costner, estrela de longas como Dança com Lobos e O Guarda Costas.



O filme ‘Indecente’ chegou à Netflix atraindo os fãs de suspenses eróticos. Os temas polêmicos e a maneira como a história é conduzida desagradou alguns espectadores, mas conquistou muitos outros que ficaram com um gostinho de quero mais.

Leia mais: Não sabe o que assistir na Netflix? Conheça 5 filmes que estão bombando

O que não falta do catálogo do serviço de streaming são longa-metragens com assuntos parecidos com os abordados na nova produção. Um bom exemplo é ‘Instinto Secreto‘ (Mr. Brooks), lançado em 2007 e lembrado como um dos melhores representantes do estilo.

No site Rotten Tomatos, o filme recebeu média de aprovação de 55% por parte dos críticos. Já as mais de 250 mil avaliações do público garantem à produção uma nota média de 76%.



Sinopse de Instinto Secreto

“O carismático Sr. Brooks é um assassino em série que luta contra seu alter ego, cujo charme não consegue despistar a dedicada detetive que o investiga”, conta a sinopse na Netflix.

O empresário Sr. Brooks é visto com um homem de família respeitado e influente, mas na verdade é brutal um assassino conhecido como ‘o Serial Killer da Impressão Digital’. Quando decide cometer seu último assassinato antes de abandonar o alter ego Marshall, uma testemunha complica sua vida.

Ele então passa a ser perseguido pela detetive Tracy Atwood, que fica obcecada em desvendar o caso.

Elenco e direção

Instinto Secreto é protagonizado por Kevin Costner, astro de filmes como Dança com Lobos, O Guarda Costas e Robin Hood. Sua segunda personalidade, o assassino Marshall, é interpretado por William Hurt, que faz o General Thaddeus Ross nos filmes do MCU.



O papel da detetive Tracy Atwood fica com Demi Moore, de Ghost e As Panteras: Detonando. A direção fica por conta Bruce A. Evans, de Conta Comigo.

Trailer




Voltar ao topo

Deixe um comentário