scorecardresearch ghost pixel



O que ficou decidido sobre o 14º salário do INSS para 2022?

Projeto do deputado Pompeo de Mattos prevê o pagamento de um abono extra para aposentados e outros segurados do INSS.



Aposentados, pensionistas e outros segurados o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) ainda esperam o pagamento do 14º salário. O benefício foi proposto em 2020 pelo deputado Pompeo de Mattos, por meio de um projeto de lei que tramita na Câmara dos Deputados.

Leia mais: Em boa hora: Veja quem tem direito e como receber o benefício de até R$ 300 para filhos

Após passar por diversas comissões da Casa, ficou decidido que os pagamentos ocorreriam em março dos anos de 2022 e 2023. A liberação seria retroativa aos anos de 2020 e 2021.

Considerando que nenhuma novidade sobre a proposta foi divulgada nos últimos meses, esses segurados estão em dúvidas sobre as chances de repasse do abono extra. Afinal de contas, o 14º salário será pago em 2022?



Sobre o 14º salário

Primeiramente, é preciso citar quais grupos serão contemplados pelo novo benefício: aposentados (todos os tipos de aposentadoria), pensionistas (pensão por morte) e segurados do auxílio-doença, auxílio-acidente e auxílio-reclusão.

Já os beneficiários do Benefício de Prestação Continuada (BPC) e de outros programas assistenciais ficarão de fora da medida.

Sobre o valor dos repasses, cada cidadão receberá pelo menos um salário mínimo. Aqueles que recebem mais do que o piso nacional por mês teriam direito a R$ 1.212, mais um percentual extra, até o limite de R$ 2.424.



14º sai ou não sai em 2022?

Para que o projeto seja colocado em prática, ele ainda precisa da aprovação de outras comissões da Câmara, do aval do Senado Federal, além da sanção do presidente Jair Bolsonaro.

É possível que o 14º do INSS não saia do papel, pelo menos não em 2022. Dentre os motivos estão a falta de orçamento para custear o projeto e a proximidade da data estipulada para os pagamentos.




Voltar ao topo

Deixe um comentário