scorecardresearch ghost pixel



Empréstimo Caixa Tem para negativados; Juros a partir de 1,95%

Novo lançamento em crédito da Caixa acontecerá via aplicativo Caixa Tem. Pessoas de baixa renda e negativadas poderão solicitar.



Nesta quinta-feira, 17, a Caixa Econômica Federal anunciou que vai liberar uma nova modalidade de empréstimo para pessoas físicas de baixa renda, inclusive aquelas que estão negativadas. O anúncio foi feito em cerimônia no Palácio do Planalto pelo presidente da estatal, Pedro Guimarães.

Leia mais: FGTS 2022: calendário de saques já está disponível pela Caixa Econômica Federal

De acordo com o executivo, esse tipo de transação é “transformacional e tem as menores taxas”. Isso porque os juros serão a partir de 1,95% ao mês e a cobrança das parcelas em até 24 vezes. O lançamento do empréstimo Caixa Tem para negativados será feito no dia 28 de março.



Novos empréstimos Caixa Econômica Federal

O novo lançamento em crédito da Caixa inclui duas oportunidades de empréstimos, a saber:

  • Liberação de até R$ 1 mil para quem é Pessoa Física (PF), com taxas de juros a partir de 1,95% e prazo de até 24 meses para pagar. Brasileiros de baixa renda e negativados poderão solicitar por meio do aplicativo Caixa Tem.
  • Liberação de até R$ 3 mil para quem é Microempreendedor Individual (MEI), com taxas de juros a partir de 1,99% ao mês e prazo de até 24 meses para pagar. A princípio, os pedidos serão feitos nas agências e só ficará disponível no Caixa Tem daqui a 2 meses.


30 milhões de brasileiros poderão solicitar o empréstimo

Segundo Pedro Guimarães, esta é a primeira vez que a Caixa realiza empréstimo para cidadãos negativados. A nova modalidade prevê liberar quantias em dinheiro para até 30 milhões de brasileiros.

Quem está pensando em investir no negócio também poderá se beneficiar com a 2ª fase do chamado “microcrédito digital”, conforme esclareceu o ministro Onyx Lorenzoni. “Poderá chegar até R$ 4.000 para que possa comprar equipamento profissional de beleza, para o pequeno restaurante, para aquele que serve quentinha nos escritórios de São Paulo e nas grandes cidades”, disse.

Vale destacar que o governo, em meio às novas medidas econômicas, também prevê a liberação do empréstimo consignado para quem recebe o Auxílio Brasil ou Benefício de Prestação Continuada (BPC), além da ampliação da margem do consignado aos segurados do INSS e servidores públicos.




Voltar ao topo

Deixe um comentário