scorecardresearch ghost pixel



Atenção! Seu Vale Gás pode ser bloqueado NESTA situação; saiba como evitar

Menos famílias foram contempladas pelo Vale Gás nesta rodada de pagamentos. Veja como evitar que o benefício seja bloqueado.



A nova rodada de pagamento do Vale Gás do governo federal foi de R$ 51. O valor é pago a cada dois meses e quem não recebeu pode estar com o benefício bloqueado. A principal ferramenta usada pelo governo federal é o Cadastro Único (CadÚnico). Muitas famílias que estão com os dados desatualizados podem ter os benefícios suspensos, como é o caso do Vale Gás.

Leia mais: INSS libera consulta aos contratos de empréstimos pelo app

Vale Gás bloqueado

Em algumas regiões do Brasil, o Vale Gás do mês de abril ficou abaixo do esperado. Isso porque o benefício considera o preço médio do botijão e o repasse é de 50% desse valor. Só que em algumas regiões, a botijão de 13 quilos está tão caro que o valor do benefício sequer chegou aos 50%. É o caso das famílias que vivem no Amapá.



De acordo com os dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o botijão de gás mais caro foi encontrado nos estados de Rondônia e Mato Grosso, sendo acima de R$ 134.

O Vale Gás é pago a cada dois meses. Além do valor abaixo do que o esperado por algumas famílias, teve redução no número de contemplados. Caiu de 5,58 milhões para 5,39 milhões. Ou seja, uma redução de 190 mil pessoas.

Nestes casos, a orientação do Ministério da Cidadania é para que as famílias confirmem como está a situação do cadastro. A consulta pode ser feita por meio do novo aplicativo do CadÚnico. Quem está com os dados desatualizados pode ter o benefício suspenso. Por isso, a orientação é conferir se todos os dados estão corretos.

Se sim, o próximo passo é entrar em contato com o Ministério da Cidadania pelo 121 ou via aplicativo do CadÚnico para identificar a falta do pagamento, que neste mês segue até o dia 29 de abril.




Voltar ao topo

Deixe um comentário