scorecardresearch ghost pixel



Novo RG: saiba quando entra em vigor e o prazo para solicitar o seu

Veja tudo acerca do novo documento que será obrigatório para todos os brasileiros.



O RG (abreviação de registro geral) está se tornando conhecido como a nova Carteira Nacional de Identidade Unificada. Esse novo nome se dá porque reunirá todas as suas informações pessoais em um único documento, não somente o número do RG e do CPF, como é o caso do documento atual.

Veja também: CNH Social: confira os estados que oferecem o documento de graça

Com a mudança, o número de identificação do RG vai passar a ser o do CPF que, por sua vez, servirá como uma referência para apresentação da identidade. Os brasileiros estão mudando para uma nova carteira de identidade com função semelhante à antiga, mas com algumas alterações que a tornam bem mais eficiente e prática.

O governo também mudou sua política de permitir aos cidadãos apenas uma forma de identificação. Tudo isso foi feito como parte de um esforço para tornar os registros no país mais ágeis e eficientes.



O QR Code do RG conterá informações que comprovam a identidade do titular do cartão, além de servir como importante mecanismo de autenticidade. Ele também será emitido gratuitamente e estará acessível em muitos locais, como nos smartphones.

Quando o novo RG pode ser emitido?

Não há prazo para que o RG seja unificado em todo o território brasileiro. Atualmente, alguns estados ainda não têm a opção de renovar a carteira de identidade para o novo formato.

A secretarias de Segurança Pública de cada estado e do Distrito Federal serão responsáveis por disponibilizar o novo RG. Os cidadãos têm apenas até março de 2023 para obter os novos documentos de identidade, que serão necessários para alguns dos principais serviços governamentais.



Como emitir o novo RG?

O novo RG pode ser emitido por quem já registrou seus dados biométricos na Justiça Eleitoral ou em outros institutos de identificação.

O cidadão deve fazer um pré-cadastro no aplicativo do Governo Federal, disponível para Android e iOS, para emitir o documento digital. Na plataforma, ele deve preencher um pré-cadastro informando:

  • Nome completo;
  • CPF;
  • Data de nascimento;
  • Filiação;
  • Número do telefone;
  • Endereço de e-mail;
  • Uma senha (da escolha do cidadão).

Após esse processo, a encomenda pode ser finalizada em um ponto de serviço disponível. Os novos documentos serão distribuídos pelas secretarias de Segurança Pública.



A nova carteira de identidade substituirá outros documentos?

Apesar da forma moderna e unificada de dados de identificação do cidadão, o novo RG não substitui nenhum documento existente. O único documento que substitui é o cartão de identificação que está atualmente em uso.

Assim, o novo RG não vai tornar obsoletos documentos como carteira de trabalho e a carteira nacional de habilitação, visto que eles possuem outras finalidades.




Veja mais sobre

Voltar ao topo

Deixe um comentário