scorecardresearch ghost pixel



Cadastro Único: Confira os prazos das revisões realizadas pelo governo

Veja os prazos para as revisões realizadas pelo Governo Federal.



De acordo com informações divulgadas recentemente pelo Ministério da Cidadania, 8 milhões de famílias deverão atualizar as informações no CadÚnico – Cadastro Único.

Veja também: Veja como realizar o Cadastro Único e ter direito aos benefícios do Governo

Por conta disso, o governo pede uma maior atenção aos seguintes usuários: cidadãos inscritos no Auxilio Brasil, na Tarifa Social de Energia Elétrica e na Prestação Continuada – BPC.

A atualização dos dados, no entanto, diz respeito a retomada dos processos de averiguação e revisão cadastral, porém, o que se sabe até o momento, é que as famílias que estão com dados inconsistentes e que foram incluídas na averiguação dos dados, deverão utilizar os dados até o mês de julho deste ano.



Além disso, vale lembrar que essa atualização é de muita importância, afinal ela será a responsável por evitar o cancelamento do benefício. No caso das famílias da revisão cadastral, que estão com informações desatualizadas, a regularização deve ser feita até dezembro deste ano.

Vale lembrar, ainda, que o Ministério da Cidadania fez uma programação da revisão dos cadastros. Com isso, somente as famílias com cadastros atualizados pela última vez em 2016 ou em 2017 serão convocadas para atualizarem seus dados no Cadastro Único em 2022.

Por outro lado, as famílias que tiveram seus dados atualizados em 2018 ou é 2019 serão convocadas nos próximos anos para atualizarem seus dados, de acordo com o período que o Governo decidir.

O Cadastro Único

A atualização do Cadastro Único, também conhecido como CadÚnico é importante, afinal, é a ferramenta que possibilita a entrada das famílias em benefícios como, por exemplo:

  • Auxílio Brasil;
  • Benefício de prestação continuada;
  • Tarifa social de energia.

Além disso, a atualização dos cadastros irá garantir que as informações registradas na base do cadastro único ainda estão de acordo com a realidade de cada usuário.



De acordo com a regra, as famílias inscritas no Cadastro Únicos devem atualizar todas as informações a cada dois anos, ou deprê que houver alguma alteração a ser feita, seja na composição familiar, no endereço, ou até mesmo na atuação de trabalho e renda dos membros.

O novo aplicativo do Cadúnico

Após o Governo Federal lançar o novo aplicativo do Cadastro Único, as famílias cadastradas podem conferir seus dados de forma mais simples e rápida.

Além disso, as famílias cadastradas no auxílio Brasil poderão receber mensagens no extrato de pagamento do benefício, ou pelo aplicativo do programa.

De acordo com os dados divulgados pelo Ministério da Cidadania, o novo aplicativo CadÚnico superou 1 milhão de downloads.

Por fim, vale destacar ainda que, caso não tenha ocorrido nenhuma alteração nas informações fornecidas na última entrevista, a família beneficiária poderá atualizar seus dados por confirmação pelo aplicativo.




Veja mais sobre

Voltar ao topo

Deixe um comentário