scorecardresearch ghost pixel



Caixa para negativados: Você pode solicitar o crédito de até R$ 3.000, mas não sabe

Nova modalidade de empréstimo do banco oferece recursos para pessoas com o nome sujo, taxas de juros mais baixas e maior prazo para pagar.



A Caixa Econômica Federal liberou um nova modalidade de empréstimo no final de março. A novidade chama a atenção por não exigir consulta ao SPC e Serasa, ou seja, negativados podem solicitar. Outro ponto positivo é o valor do crédito, com limite de até R$ 3 mil.

Leia mais: Caixa lança pacote de incentivo ao setor imobiliário

Os recursos liberados pelo serviço fazem parte do Programa de Simplificação do Microcrédito Digital para Empreendedores (SIM Digital), desenvolvido para estimular a formalização de pequenos negócios e garantir subsídios ao empreendedorismo popular.

Resumindo: é uma boa oportunidade para quem deseja começar ou melhorar um negócio. Podem solicitar tanto pessoas físicas quanto Microempreendedores Individuais (MEIs) com pelo menos 12 meses de atuação e rendimento anual de até R$ 81 mil.



 

Crédito Caixa para negativados: Veja se você pode solicitar o dinheiro

No geral, a Caixa informa que o intuito do empréstimo para negativados é oferecer recursos para quem deseja começar ou ampliar um pequeno negócio. Portanto, o dinheiro não é voltado para o uso pessoal do cliente. Passada essa condição, podem solicitar o serviço os seguintes grupos:

Pessoa física

É oferecido um crédito entre R$ 300 e R$ 1 mil, com taxas de juros a partir de 1,95% ao mês e prazo de parcelamento em até 24 meses. Nessa modalidade, a única regra é informar o objetivo do empréstimo. A solicitação está disponível no aplicativo Caixa Tem.

Microempreendedor Individual (MEI):

Os valores oferecidos pela Caixa variam entre R$ 1,5 mil e R$ 3 mil. O limite é maior por que a ideia está em ajudar na evolução do empreendimento. A taxa de juros para quem já possui um negócio é de 1,99% ao mês, com possibilidade de parcelamento em até 24 meses. A solicitação do crédito é feita exclusivamente em agências da Caixa, de forma presencial.




Voltar ao topo

Deixe um comentário