scorecardresearch ghost pixel



Vai até 31 de maio o prazo para a declaração do Imposto de Renda

Está quase no fim o prazo para a declaração do Imposto de Renda. Termina em 31 de maio, na mesma data do início da restituição.



Termina em 31 de maio o prazo para a declaração do Imposto de Renda 2022. A previsão da Receita Federal é receber mais de 34 milhões de declarações. Como em anos anteriores, muita gente deixa para a última hora. Quem perde o prazo paga multa e tem restrições no CPF.

Leia mais: Saque com Pix já é realidade em caixas eletrônicos; veja como fazer

Com o fim do prazo, muitos contribuintes correm contra o tempo para darem conta de enviar todos os documentos necessários para a declaração. A multa para quem deixa de prestar contas com o leão é de 1% ao mês sobre o imposto devido.

Termina em 31 de maio

De acordo com a Receita Federal, o valor mínimo da multa é de R$ 165,74. E o máximo é de 20% do imposto de renda. Por isso, a orientação é para que todos os contribuintes entreguem as informações até 31 de maio para ficarem em dia com o fisco.



Quem perde o prazo também fica com restrições ligadas ao CPF. A situação irregular compromete, por exemplo, a emissão de passaporte, assim como a liberação de empréstimos em bancos e a participação em concursos públicos.

Para evitar riscos, o ideal é enviar a declaração antes do dia 31 de maio. Já que o sistema da Receita Federal pode ficar sobrecarregado nas últimas horas.

Os contribuintes podem contar com a ajuda da declaração pré-preenchida para ganharem tempo no envio dos dados. Automaticamente, o sistema pega informações da declaração de 2021. Apesar disso, o serviço só é possível para quem tem os níveis ouro e prata no gov.br.

Lembrando que são obrigados a declarar todas as pessoas que tiveram rendimentos tributáveis superiores a R$ 28.559,70 no ano passado. No caso da atividade rural é para quem teve receita bruta acima de R$ 142.798,50.



Vale também para quem teve rendimentos isentos, não-tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, de mais de R$ 40 mil. Todas as regras podem ser conferidas no site da Receita Federal.

Além disso, a restituição também começará no dia 31 de maio. Neste ano será dividida em cinco lotes, com final em 30 de setembro.




Voltar ao topo

Deixe um comentário