scorecardresearch ghost pixel



Bancos digitais: Projeto visa a obrigatoriedade de agências físicas

Um projeto de lei quer que os bancos digitais criem agências físicas nas cidades com mais de 5 mil clientes. A proposta divide opiniões. Veja como está o projeto.



Um projeto de lei apresentado pelo deputado estadual Dionísio Lins (Progressista) quer tornar obrigatória a criação de agência física para os bancos digitais. Na visão do autor do texto, a medida poderia facilitar a vida dos clientes, mas nem todos concordam com a sua posição. Entenda a proposta.

Leia mais: Nubank: banco digital devolve R$ 6.390 para jovem vítima de golpe

O deputado Dionísio Lins, que também é vice-presidente da Comissão de Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa, afirma no texto submetido a aprovação como projeto de lei que os bancos digitais deveriam ser obrigados a criar agências físicas nas cidades com mais de 5 mil correntistas.

Agência física dos bancos digitais

Os bancos digitais caíram no gosto dos brasileiros, principalmente por causa das facilidades que eles proporcionam em comparação com os bancos tradicionais. Uma delas é o suporte pela internet e a isenção de taxas em diversos serviços. Os clientes dos bancos digitais também destacam a praticidade e os investimentos mais acessíveis.



Apesar dessas e muitas outras vantagens, alguns também reclamam da dificuldade de resolver alguns problemas, já que nem sempre é possível ter todas as respostas por meio de chat nos aplicativos dos desses bancos.

De uns tempos para cá, muitos clientes dos bancos digitais têm criticado a facilidade encontrada pelos criminosos para transferir dinheiro das contas, o que abre o questionamento e uma válida discussão quanto o tamanho da segurança desses aplicativos.

Todos esses pontos foram considerados pelo deputado Dionísio Lins ao apresentar esse projeto de lei. Segundo ele, cresceram as reclamações nos órgãos de defesa ao consumidor sobre os obstáculos enfrentados para manter o contato com os representantes das instituições.

“Principalmente no que diz respeito à clonagem de cartões, dúvidas sobre pagamentos e recebimentos e desvio de valores”, argumenta o deputado.

Mas é claro que a situação varia de um banco digital para outro, já que muitos investem em bom atendimento online justamente por ser esse o principal meio de contato com os clientes. É por isso que o projeto divide muitas opiniões. Ainda mais ao se considerar que a criação das agências físicas deve aumentar os custos aos clientes.




Voltar ao topo

Deixe um comentário