scorecardresearch ghost pixel



Desligamento deixa de ser registrado na carteira de trabalho; descubra o motivo

O motivo de desligamento já não será mais anotado na Carteira de Trabalho. As mudanças foram publicadas no Diário Oficial da União e estão gerando controvérsias. Tire as suas próprias conclusões.



Uma nova portaria do Ministério do Trabalho alterou alguns pontos da legislação. Agora o motivo de desligamento não será mais anotado na Carteira de Trabalho como costumava. As mudanças foram publicadas no Diário Oficial da União e tem deixado algumas pessoas inquietas. Entenda o que aconteceu.

Leia mais: Dormir no trabalho dá demissão por justa causa?

Além da retirada, a portaria também inclui outras alterações que envolvem procedimentos internos. A proposta é aperfeiçoar a legislação, melhorar o controle de ponto, assim como a gestão de dados da Lei de Proteção de Dados Pessoais (LGPD).



Desligamento fora da Carteira de Trabalho

De acordo com o Ministério do Trabalho, a decisão por deixar o motivo do desligamento fora da Carteira de Trabalho é um caminho para reduzir a descriminação aos empregados.

As demais alterações realizadas também pela portaria têm relação com a troca de documentos físicos por digitais, de forma a disponibilizar tais informações por meio do sistema gov.br.

Isso se refere àquelas questões administrativas e de procedimentos internos que não interferem na relação entre empresas e funcionários. A portaria trata também do registro eletrônico do ponto. Segundo o que foi divulgado pelo Ministério do Trabalho, a ideia é promover maior clareza, padrão e equidade.

E para se certificar disso foram criadas especificações como códigos, marcações e protocolos. Todas essas informações estão disponíveis aos fabricantes e podem ser acessadas no site do Governo Federal.




Voltar ao topo

Deixe um comentário