scorecardresearch ghost pixel



Governo paga auxílio de R$ 400 nesta quinta; confira quem recebe

A parcela de junho do Auxílio Brasil já foi paga para boa parte dos beneficiários. Veja quem recebe o benefício nesta quinta-feira, 23.



A parcela de junho do Auxílio Brasil foi liberada nesta quinta-feira (23) para todos os beneficiários com o Número de Inscrição Social (NIS) de final 5. O calendário de pagamento do mês segue até o dia 30 de junho. Confira todas as datas.

Leia mais: PIS/Pasep de R$ 1.212 liberado hoje; veja como sacar fora do calendário

O valor pago neste mês é de pelo menos R$ 400. Algumas famílias podem receber valores adicionais, conforme os critérios e programas incluídos no benefício do governo federal. Segundo dados do Ministério da Cidadania, mais de 18 milhões de brasileiros dependem do dinheiro.

Parcela de junho

A parcela de junho já foi liberada para os beneficiários de NIS final 1, 2, 3 e 4. O investimento em mais uma rodada de pagamento é de R$ 7,6 bilhões, conforme divulgado pelo Ministério.



O modelo de pagamento do Auxílio Brasil segue o mesmo esquema do antigo programa Bolsa Família. É sempre nos últimos 10 dias de cada mês.

No Brasil inteiro, o Nordeste é a região com o maior número de beneficiários. São 8,6 milhões de famílias. Mais recentemente, um levantamento da Confederação Nacional de Municípios (CNM) mostrou que mais de 2 milhões ainda estão na fila de espera para receber o benefício.

Podem receber o benefício as famílias que vivem em situação de pobreza e extrema pobreza. Ou seja, com renda por pessoa de até R$ 200 mensais.

Os beneficiários podem consultar os valores, assim como as datas de pagamento diretamente no aplicativo do Auxílio Brasil ou também no site. Para ter acesso ao dinheiro do Auxílio Brasil, as famílias devem ter o Cadastro Único (CadÚnico).

Depois de fazer o CadÚnico e atender às condições do programa, as famílias não precisam se inscrever para receber o Auxílio Brasil. O direcionamento é de forma automática, com base na avaliação feita pelo governo.




Veja mais sobre

Voltar ao topo

Deixe um comentário