scorecardresearch ghost pixel



Nubank ganha dinheiro sem cobrar taxas: entenda como é possível

Veja em quais situações o Nubank ganha dinheiro para manter os serviços oferecidos aos clientes e ainda garantir a expansão do banco digital.



Um banco sem tarifas é um atrativo e tanto para a conquista de novos clientes. Entre as opções disponíveis no mercado, está o Nubank. Mas há uma pergunta que não quer calar:  se o banco não cobra nada dos clientes, como ele ganha dinheiro para manter os serviços e expandir os negócios?

Leia mais: Com a Selic 13,25%, como fica o rendimento da conta do Nubank?

Desde que o Nubank iniciou as atividades em 2013, os brasileiros aprenderam uma nova forma de lidar com os serviços financeiros. Sem dúvida alguma foi uma grande revolução. E a expansão dos atendimentos continua até hoje, mesmo sem a cobrança de taxas. Entenda como.



Como o Nubank ganha dinheiro sem cobrar taxas?

Se essa também é a sua dúvida, saiba que existem várias formas de os bancos digitais ganharem dinheiro sem a cobrança de taxas. O Nubank garante aos clientes o cartão de crédito sem anuidade e a conta digital sem custos.

Mas é claro que o banco digital também tem as suas formas de ganhar dinheiro! Uma delas é quando o cliente faz uma compra e usa o cartão do banco digital. O Nubank recebe do estabelecimento uma pequena parte do valor dessa compra. Cerca de 5%. Ah, lembrando que esse processo é por meio da bandeira Mastercard.

Outra forma de garantir o dinheiro do banco digital sem a cobrança de taxas é quando os clientes fazem o financiamento da fatura. Nesses casos, o Nubank ganha dinheiro ao receber juros sobre o valor financiado.

O mesmo acontece quando o cliente atrasa o pagamento da fatura, por exemplo. O banco digital faz a cobrança de juros pelo valor que deixou de ser pago.

A instituição também realiza a cobrança de tarifas para quem deseja fazer parte dos programas de benefícios, por exemplo, além dos empréstimos com a cobrança de juros na fatura.




Veja mais sobre

Voltar ao topo

Deixe um comentário