scorecardresearch ghost pixel



Preste atenção nestas dicas e evite ser excluído do CadÚnico

Descubra quais são os comportamentos a serem adotados pela famílias para evitar a perda do cadastro no banco de dados do governo.



O Cadastro Único (CadÚnico) atua como principal ferramenta do governo federal para chegar às famílias em situação de pobreza ou extrema pobreza. A plataforma funciona como um banco de dados que garante a inclusão de milhões de pessoas em programas sociais. Portanto, a exclusão do cadastro pode se tornar uma grande dor de cabeça para muita gente!

Leia mais: É oficial: novo passaporte é lançado pelo governo; veja o que muda

A lista de benefícios oferecidos àqueles com inscrição no programa incluem: Benefício de Prestação Continuada (BPC), Bolsa Estiagem, Bolsa Verde, Carteira do Idoso, Água para todos, Aposentadoria para pessoas de baixa renda, Auxílio Brasil, Auxílio Gás, dentre outros.



Quais os requisitos para fazer parte do CadÚnico?

Para fazer parte do CadÚnico, as famílias precisam apresentar renda mensal per capita de até meio salário mínimo (R$ 606) ou renda mensal superior a essa faixa, desde que a família esteja no pleito de algum outro benefício ou programa em que o cadastro seja necessário.

O que fazer para não perder o CadÚnico?

Basicamente, depois que as famílias entram no CadÚnico, o mais importante a ser cumprido é o prazo de atualização das informações cadastrais, feito a cada dois anos. O descumprimento desta regra pode inviabilizar o acesso a qualquer programa vinculado pela família beneficiária.



Situações que podem gerar a exclusão no CadÚnico

Confira abaixo as situações que podem levar à perda do cadastro no banco de dados pelas famílias:

  • Exclusão por meio de decisão judicial;
  • Repassar informação falsa ao sistema;
  • Omitir informações à base do CadÚnico;
  • Negar informações por parte da família, como morte de integrante; e
  • Em caso de a família não ser localizada por um período de 48 meses ou superior, contabilizados a partir da inclusão ou atualização mais recente.




Voltar ao topo

Deixe um comentário