Empréstimo pessoal no Santander – Simulador, taxa de juros, vantagens e muito mais!

É possível contratar o empréstimo pessoal pelo aplicativo Santander, internet banking, autoatendimento, central de atendimento ou em uma das agências.

Imprevistos financeiros são recorrentes na vida de todos e por isso, uma alternativa é recorrer a empréstimos pessoais. Afinal, essa modalidade é conhecida por seu fácil acesso oferecido por instituições financeiras, e é também uma das opções disponíveis no mercado para quem precisa de dinheiro com rapidez. Por esse motivo, o Empréstimo Pessoal no Santander pode ser uma boa alternativa.

Em média, o Santander cobra juros de 4,28% ao mês. De maneira prática, caso se solicite R$ 5 mil para pagar em doze parcelas a juros de 4,28% ao mês, será necessário pagar doze parcelas de R$ 541,45, totalizando R$ 6.497,40.

Veja a seguir como funciona o empréstimo Pessoal da Santander!

Empréstimo pessoal Santander: Simulador

No site da instituição financeira, é possível solicitar propostas de Crédito Imobiliário, Crédito Pessoal – Imóvel como Garantia, Previdência e Educação Financeira. Para isso, basta preencher os dados solicitados pelo banco, e ao final do cadastro, serão mostradas as condições oferecidas.

Taxa média de juros cobrada pelos cinco maiores bancos

Além do Santander, há ainda outros bancos que oferecem essa modalidade de crédito. Caso seja de seu interesse, é possível calcular a diferença em relação ao empréstimo pessoal no Santander e avaliar o custo-benefício conforme seu perfil.

Posição Empresa Taxa de juros
(% ao mês)
1 Banco do Brasil 3,06%
2 Caixa Econômica Federal 3,32%
3 Itaú 3,70%
4 Santander 4,28%
5 Bradesco 4,96%

Vantagens

Dinheiro rápido: A quantia solicitada é liberada no mesmo instante na conta corrente do cliente caso ele já seja um correntista do banco, caso contrário, o crédito estará sujeito à análise;

Parcelamento flexível: É possível escolher a data de pagamento da primeira parcela em até 60 dias após a crédito em conta, inclusive, pode ser a data de pagamento do seu salário e/ou rendimento mensal;

Débito em conta: O empréstimo assume a forma de débito em conta, o que pode facilitar muito no momento de fechar as contas. Mas, para isso, é essencial manter uma saúde financeira. Afinal, caso o saldo seja insuficiente, você entrará no cheque especial – a segunda linha com a taxa de juros mais cara do Brasil.

Quem pode fazer o empréstimo pessoal no Santander?

Para contratar o empréstimo pessoal no Santander é necessário ser maior de 18 anos, possuir conta corrente e não ter restrição no nome. Além disso, o banco costuma exigir comprovação de renda.

Como fazer um empréstimo pessoal no Santander?

Caso o cliente já tenha conta no Santander, é possível contratar o empréstimo pessoal pelo internet banking ou nos caixas eletrônicos. Isso porque é comum existir um limite pré-aprovado para quem é correntista. Caso não tenha nenhum limite aprovado, ou o valor pré-aprovado for inferior ao necessário, é preciso entrar em contato com o Banco Santander. O mesmo vale se você achar o custo dos juros altos.

Caso não seja correntista, será preciso ir até uma agência do Santander com os seguintes documentos:

  • RG;
  • CPF;
  • Comprovante de residência;
  • Comprovante de renda.

De todo modo, a abertura de conta corrente não garante que você terá crédito aprovado, sem contar que o processo pode ser demorado.

Leia mais:

Empréstimo pessoal no Santander – Simulador, taxa de juros, vantagens e muito mais!
Avalie
Voltar ao topo

Notícias relacionadas

Deixe um comentário