Concurso PRF discute distribuição de vagas e tem edital publicado a qualquer momento!

Comissão interna do certame trabalha na escola da banca organizadora e lotação das vagas disponibilizadas com inicial de até R$ 10 mil.

O edital do concurso para a Polícia Rodoviária Federal (Concurso PRF) pode ser publicado a qualquer momento! A comissão interna da seleção segue trabalhando nos trâmites finais o que inclui a escolha da banca organizadora e distribuição das 500 vagas disponibilizadas.

Representantes da corporação se reuniram, na semana passada, com membros da Federação Nacional dos Policiais Rodoviários (FenaPRF). Na pauta, detalhes referentes ao certame que trará oportunidades na carreira de policial rodoviário federal.

Apostilas preparatórias: Policial Rodoviário Federal e Agente Administrativo

Aliás, encontros da comissão interna com representantes da PRF têm sido frequentes, justamente, para acelerar os procedimentos. Ao que tudo indica, o regulamento do certame deve ser divulgado, ainda, no mês de agosto.

Segundo a instituição, ainda não é possível precisar uma data para o lançamento do edital pelo fato de que não há banca organizadora definida. No entanto, isso deve ser resolvido em breve, possibilitando a abertura do concurso.

Publicação liberada pelo ministro da Segurança

O ministro da Segurança, Raul Jungmann, publicou, em Diário Oficial da União, recomendação para que o diretor-geral da Polícia Rodoviária Federal, Renato Dias, agilizasse os procedimentos relativos ao novo concurso da corporação.

De acordo com a portaria, Dias já pode andar com os trâmites como editais, portarias e atos administrativos. Sendo assim, a dispensa de licitação da empresa organizadora deve ser liberada em breve, seguida pela publicação do edital.

O Concurso PRF foi anunciado em fevereiro por Jungmann e, desde então, tem sido um dos certames mais aguardados do ano. A portaria autorizativa só foi publicada em julho confirmando a oferta de 500 vagas na carreira de policial rodoviário federal.

A propósito, o quantitativo de vagas liberado foi, justamente, um dos motivos pelos quais a portaria demorou tanto para sair. A corporação e sindicalistas alegavam que o número de postos autorizado era insuficiente para sanar a carência atual de servidores.

Por isso, representantes da FenaPRF se reuniram, com o ministro da Segurança Pública, Raul Jugmann, no intuito de  aumentar a oferta de oportunidades para 1.000 postos.  Como justificativa, a apresentação de dados sobre o baixo efetivo de policiais na corporação.

O diretor jurídico da FenaPRF, Tiago Arruda, apontou que a verba disponibilizada para a contratação de 500 novos é a mesma caso a oferta aumente para 1.000 vagas. As negociações seguiram adiante até a publicação da portaria oficial.

Edital adiantado

Mesmo perante o impasse relativo ao número de vagas e sem a publicação da portaria autorizativa, a PRF deu andamento a trâmites essenciais à realização do certame. Primeiramente, iniciou a elaboração do projeto do edital, documento que seria enviado às empresas interessadas em organizar o concurso.

Inclusive, há possibilidades de que o regulamento atualizado traga mudanças relacionadas ao cargo de policial rodoviário. As alterações são devidas a um estudo sobre sua profissiografia, ou seja, seu perfil.

Nisso, estão incluídas possíveis modificações no conteúdo programático da prova pois, o servidor deixou de executar tarefas, estritamente, relacionadas ao trânsito, passando a executar combate ao crime.

Há, então, a possibilidade de cobrar mais disciplinas da área do Direito, dando peso a mais para temas como Direitos Humanos e Ética. Porém, o candidato não deve deixar de lado a parte de Legislação de Trânsito, por exemplo.

Outra parte na qual o concurseiro pode ficar atento é a Física aplicada ao trânsito. O servidor da PF lembra que a corporação tem se especializado na questão da perícia.

Além disso, o processo de escolha da banca organizadora, também, foi iniciado. Três empresas anunciaram interesse, entre elas, Cebraspe (que já organiza o Concurso PF 2018) e Iades. A terceira não teve o nome divulgado.

Porém, mais organizações enviaram proposta, cujo número, até o momento, é desconhecido. De qualquer forma, a PRF precisa da portaria autorizativa para, de fato, proceder com a contratação da banca.

Concurso PRF

Concurso PRF 2018 ofertará 500 vagas para policial rodoviário federal, carreira que exige formação de nível superior com direito à remuneração inicial de R$ 10.357,88.

Anunciado em fevereiro, o certame deverá avaliar seus candidatos por meio de por meio de provas objetivas, discursivas, além de avaliação de títulos, capacidade física e médica. Os aprovados são matriculados no curso de formação, que tem duração de três meses, seguido de investigação social.

Voltar ao topo

Deixe um comentário