Consulta ao 5º lote da Restituição do IR deverá acontecer esta semana

É esperado que a consulta ao 5º lote seja liberada nesta terça, 8, um dia antes do início do pagamento dos recursos. Saiba como consultar!

Uma nova consulta a restituição do Imposto de Renda será provavelmente aberta pela Receita Federal nesta terça, 8. Os cidadãos poderão consultar o quinto lote da restituição, com pagamento realizado no dia 15 deste mês. Os valores serão repassados para a conta bancária informada pelo contribuinte em sua declaração.

Entretanto, a data ainda não foi confirmada pela Receita. Porém, a consulta é liberada usualmente um dia antes o pagamento, que será feito no dia 15 de outubro. Sendo assim, para saber se a declaração já foi liberada, o contribuinte deverá entrar no site da Receita ou entrar em contato por meio do Receitafone, por meio do número 146.

Além disso, também será possível realizar a consulta por meio do aplicativo Pessoa Física, disponibilizado pela Receita Federal para Android e iOS. O valor disponibilizado pela restituição do IR é corrigido pela taxa Selic (taxa básica de juros). Contudo, após ser depositado, esse valor não receberá nenhum rendimento por parte da Receita.

O que fazer caso não paguem a restituição?

Caso contribuinte tenha direito a restituição e o depósito não seja realizado, ele deverá contatar o Banco do Brasil. Esse contato pode ser feito pessoalmente em uma das agências do banco, ou por meio dos telefones de sua Central de Atendimento, sendo eles:

  • Para capitais: 4004 0001;
  • Para demais cidades: 0800 729 0001;
  • Para deficientes auditivos: 0800 729 0088.

Lotes da Restituição do IR

Os lotes da restituição são liberados mensalmente, sendo pagos de acordo com a ordem de entrega da declaração do Imposto de Renda. Com isso, os contribuintes que realizaram a declaração mais cedo, irão receber a restituição nos primeiros lotes. Ademais, a restituição fica disponível no banco por um ano. Caso o resgate não seja realizado, o contribuinte deverá solicita-lo pela internet.

Veja também: Mais de 5 milhões de contribuintes podem ficar sem a restituição do IR.

Voltar ao topo

Deixe um comentário