Concursos Nacionais 2020: Veja lista das principais seleções para o ano que vem

São dezesseis grandes concursos previstos para 2020 com oportunidades para os níveis fundamental, médio, técnico e superior. Confira!

Durante 2019 diversos órgãos nacionais solicitaram a concessão de recursos ao Ministério da Economia para realização de novos concursos públicos. Alguns têm solicitação em trâmite, como acontece com o Ibama e a Funai, mas outros têm certames autorizados e vão sim publicar editais em 2020, caso do Senado e do IBGE.

Fique por dentro dos concursos que estão previstos para o ano que vem e aproveite para se preparar antes da publicação dos editais. Há oportunidades para níveis fundamental, médio, técnico e superior. Confira a seguir:

Senado Federal

Foram autorizadas 40 vagas de níveis médio e superior em diversos cargos.Concurso já tem comissão organizadora formada e passa por escolha de banca. O presidente da comissão, Roberci Araújo, afirmou que edital deve ser publicado no primeiro semestre de 2020.

Instituto de Geografia e Estatística (IBGE)

São esperadas para 2020 mais de 225 mil vagas distribuídas entre os cargos de recenseador (nível fundamental) e agente censitário municipal (nível médio). A contratação é temporária para o Censo 2020.

Polícia Federal (PF)

Foram solicitadas 834 vagas, sendo 600 de agentes e 234 para a área administrativa.

Polícia Rodoviária Federal (PRF)

Pedido para 4.436 vagas, sendo 4.360 para o cargo de policial rodoviário federal (nível superior) e 75 para agente administrativo (nível médio).

Ministério Público Militar (MPM)

Vagas para promotor de justiça em quantidade ainda não determinada. A carreira exige bacharelado em Direito.

Receita Federal do Brasil (RFB)

Pedido de 3.314 vagas, distribuídas entre 1.453 para analista-tributário e 700 para auditor-fiscal, ambos cargos de nível superior. No pedido também inclui 1.161 chances para a Secretaria da Fazenda, neste caso, as vagas são divididas entre 904 para assistente-técnico administrativo, 257 para analista, funções de níveis médio e superior, respectivamente.

Departamento Penitenciário Nacional (Depen)

Foram solicitadas 294 vagas para agente federal de execução penal (nível médio) e 15 para especialistas (nível superior).

Instituto Nacional do Seguro Social (INSS)

Estão previstas 7.888 vagas para o cargo de técnico que exige nível médio. Serão 1.692 oportunidades também para analistas e 2.212 para médicos peritos, ambos de nível superior.

Secretaria da Fazenda (Sefaz)

Foram pedidas 1.161 vagas distribuídas entre 904 para assistente técnico-administrativo (nível médio), e 257 vagas para analista técnico administrativo, cargos de níveis médio e superior respectivamente.

Banco Central (Bacen)

O órgão aguarda aval para 260 vagas dividas entre técnico (nível médio) e 200 para analista (nível superior).

Controladoria Geral da União (CGU)

A quantidade de vagas ainda não foi divulgada, mas serão chances para técnico (nível médio completo) e para auditor de finanças e controle (nível superior).

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)

São 192 vagas para a carreira de analista em Ciência e Tecnologia (C&T). A carreira exige nível superior completo, em qualquer área de formação.

Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio)

Há pedido de 1.179 vagas distribuídas entre cargos de nível médio, sendo eles de técnico administrativo (457), técnico ambiental (67), e entre cargos de nível superior destinadas para as funções de analista ambiental (561) e analista administrativo (94).Os cargos de nível médio têm salários de R$ 4.408,94 e o de nível superior R$ 9.389,84, os valores têm auxílio-alimentação já incluso.

Fundação Nacional do Índio (FUNAI)

Solicitação de concurso foi enviada ao Ministério da Economia com a indicação de 1.908 vagas para preenchimento de cargos de níveis médio e superior.

Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (IBAMA)

Solicitação de concurso foi enviada ao Ministério do Planejamento, atual Ministério da Economia, e Ministério Público Federal recomendou autorização do certame.O pedido traz a necessidade de 2.054 vagas divididas entre cargos de nível médio e superior. As funções de nível médio são técnico administrativo (610) e as de nível superior são analista ambiental (750) e analista administrativo (270)

Instituto Nacional de Metrologia (Inmetro)

O pedido para 435 vagas depende ainda do aval do Ministério da Economia, mas como a tramitação já teve mais de 30 movimentações, o concurso promete sair ano que vem.

Veja também: PC, PM, Marinha e Prefeitura de Recife: Confira os melhores concursos divulgados em dezembro

Voltar ao topo

Deixe um comentário