Concursos Banco do Brasil e Caixa: O que esperar em 2020?

Veja as últimas atualizações sobre dois dos certames nacionais mais esperados! Será que há previsão de novas seleções?

Os concursos para ingresso no Banco do Brasil e na Caixa Econômica Federal são duas das seleções mais esperadas pelos concurseiros. Além disso, ambas figuram entre as mais concorridas, não somente pela estabilidade nos cargos ofertados como também em razão dos ótimos salários envolvidos.

Confira a seguir as últimas atualizações sobre os concursos para as financeiras estatais:

Concurso Caixa: Multa de R$ 1 milhão por terceirização

Embora o concurso Caixa da Caixa Econômica Federal seja um dos certames nacionais mais pesquisados e esperados, o resultado do último certame, que aconteceu em 2014, continua valendo. Em 2019, por não respeitar a lista de espera desta seleção, o banco foi multado em R$ 1 milhão pelo Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região, após contratar terceirizados.

A decisão foi dada em julgamento individual, levando em consideração o caso de uma aprovada reclamante que atestou que a Caixa teria se valido de mão de obra terceirizada para exercer atividades típicas do técnico bancário, cargo ofertado no concurso de 2014, para o qual a candidata buscava assumir a vaga.

Na última seleção para ingresso no banco, foram ofertadas vagas para os cargos de técnico bancário (nível médio) e técnico do trabalho e engenheiro (nível superior). Todas as chances foram para cadastro de reserva. O organizador do concurso foi o Cebraspe.

A validade do certame era de um ano, terminaria em 16 de junho para os técnicos e em 26 de junho de 2016 para os médicos e engenheiros, já contando com prorrogação.

Porém, como o número de aprovados foi de mais de 30 mil, o Ministério Público do Trabalho do Distrito Federal e Tocantins (MPT-DF/TO) ajuizou uma ação para que o banco estendesse por tempo indeterminado a validade do concurso.

Aprovados de 2014 devem ser contratados

Dessa forma, daria tempo para convocar todos os aprovados, por isso, o resultado do concurso da estatal realizado em 2014 continua valendo. Em razão disso, não há previsão para um próximo certame.

A última atualização sobre o tema aconteceu em outubro de 2019, quando o presidente do banco, Pedro Guimarães, anunciou a aprovação para contratar 800 aprovados do último concurso. Porém, para que o fato ocorra, é necessária aprovação do ministro da Economia Paulo Guedes e do Conselho de Administração do órgão.

Ainda em 2019, por conta de uma decisão judicial, 2 mil candidatos com deficiência aprovados no certame foram convocados pelo banco.

Concurso Banco do Brasil

Em outubro de 2019, o ministro Marco Aurélio do Supremo Tribunal Federal (STF) manteve a decisão do Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região (TRT-10) sobre a necessidade de um novo concurso Banco do Brasil para cargos de nível superior. O que significa que a seleção para o BB pode sair em 2020.

Na decisão, o ministro Marco Aurélio negou seguimento a Reclamação 32298 em que o banco pedia a cassação da decisão do TRT-10. Importante explicar que a decisão do TRT se deu por meio de Ação Pública ajuizada pelo Ministério do Trabalho (MPT) que denunciou o desvio de função de escriturários de nível médio para funções de nível superior.

Dessa forma, a corte determinou que o BB planeje nova seleção com o objetivo de nomear pessoal para realizar funções de nível superior.

Como foi o último concurso do Banco do Brasil?

A última seleção da financeira saiu em 2018 com 60 vagas para escriturário, cargo de nível médio. Contudo, as vagas não corresponderam à necessidade do banco, assim como o programa de estudos divulgados não estiveram de acordo com os modelos de concursos anteriores. O que caracterizou, para muitos candidatos, um desvio de função.

Na seleção de 2018 foram cobradas 25 questões de Informática e somente cinco de Conhecimentos Bancários. Por isso, os candidatos questionaram se as vagas oferecidas para escriturário seriam destinadas realmente para a área de Atendimento ou para Tecnologia da Informação, cuja atuação deve ser realizada por profissionais de nível superior.

De acordo com a Contraf-CUT, o concurso Banco do Brasil para escriturários continua sendo aguardado há mais de dois anos em 13 estados e no Distrito Federal. Em 2018, a Confederação denunciava o déficit de mais de 10 mil escriturários na área de Atendimento.

O concurso de 2018 foi organizado pela banca Cesgranrio. As provas foram compostas de 70 questões de múltipla escolha, sendo 20 questões de Conhecimentos Básicos, e mais 50 de Conhecimentos Específicos.

Veja abaixo o conteúdo programático do último concurso Banco do Brasil:

Conhecimentos Básicos

  • Língua Portuguesa: 5 questões (1 ponto cada)
  • Língua Inglesa: 5 questões (1 ponto cada)
  • Matemática: 5 questões (2 pontos cada)
  • Atualidades do Mercado Financeiro: 5 questões (1 ponto cada)

Conhecimentos Específicos

  • Probabilidade e Estatística: 20 questões (1,5 ponto cada)
  • Conhecimentos Bancários: 5 questões (1,5 ponto cada)
  • Conhecimentos de Informática: 25 questões (1,5 ponto cada)

Veja também: Concursos PRF e Polícia Federal podem oferecer 7.895 vagas; Salários de até R$ 10 mil

Voltar ao topo

Deixe um comentário