scorecardresearch ghost pixel

Empréstimo fácil de até R$ 2 mil para MEIs com 30 dias para pagar; Conheça a opção e saiba onde solicitar

Linha criada por meio da parceria entre as fintechs Baduk e IOU tem condições facilitadas, a fim de apoiar MEIs de baixa renda afetados pela crise durante a pandemia.

Se você é microempreendedor individual (MEI) e está precisando de empréstimo fácil para investir no seu negócio, já pode contar com mais uma opção. As fintechs IOUU e Baduk fizeram uma parceria para disponibilizar uma linha de microcrédito produtivo para microempreendedores.

A linha possui condições facilitadas, a fim de apoiar os MEIs de baixa renda afetados pela crise durante a pandemia. O empréstimo tem prazo de um mês e os valores podem variar entre R$ 200 e R$ 2.000. A taxa de juros pode variar de 2% a 5%, sendo que no primeiro empréstimo será cobrada a taxa de valor máximo, e a cada contratação, o percentual será reduzido em 0,5%.

A Baduk será a responsável pela análise de crédito, enquanto a IOUU irá obter recursos com investidores para a concessão dos empréstimos. Segundo o presidente da IOUU, Bruno Sayão, inicialmente o projeto seria destinado somente à microempreendedoras, mas deverá ser expandido nos próximos meses.

“É um crédito que funciona na base da confiança. Fazemos o primeiro empréstimo e, caso o empreendedor pague direitinho, um valor maior é liberado para ele no próximo mês, com juros menores. Começamos em São Paulo e, agora, o foco é expandir para outras partes do Brasil. A expectativa é adicionar uma nova cidade a cada mês e 10 novos empréstimos por semana”, disse.

Crédito fácil sem garantia

De acordo com o cofundador da Baduk, André Szapiro, o diferencial desta modalidade é a facilidade, uma vez que o microempreendedor consegue o crédito sem a necessidade de deixar um bem como garantia de pagamento.

“Nem sempre os microempreendedores conseguem comprovar renda ou dar garantia para pegar um empréstimo nos bancos. Queremos emprestar recursos para essas pessoas que querem desenvolver o seu negócio e precisam de um pontapé inicial”, afirmou o executivo.

Vale destacar que o empréstimo será ofertado na modalidade P2P (crédito entre pessoas). Desta forma, o agente de crédito que conceder o empréstimo receberá um retorno entre 2% e 5%. “É uma ação que tem como objetivo colocar o impacto social e o retorno financeiro caminhando juntos. É fazer o dinheiro render apoiando quem mais precisa”, declarou Sayão.

Outro ponto importante é que o valor do empréstimo deverá ser utilizado somente para o crescimento da microempresa. “É preciso comprovar que o negócio é bem planejado e que o dinheiro será usado para investir em expansão, e não para pagar contas atrasadas”, acrescentou Szapiro.

Condições do empréstimo

Valor liberado: Entre R$ 200 e R$ 2 mil;
Prazo de pagamento: 30 dias;
Taxa de juros: O agente de crédito terá retorno de 2% e 5% após 30 dias.

Como solicitar?

A solicitação do empréstimo é feita no site da Baduk, onde o MEI deverá fazer o cadastro informando seus dados pessoais. A fintech realizará a análise de crédito e, se aprovado, a IOUU passará a ser a responsável pela operação do empréstimo e buscará os recursos para sua concessão.

De acordo com o presidente da IOUU, entre os meses de janeiro e setembro deste ano, foram solicitados ao todo R$ 2 bilhões em empréstimos nesta linha de crédito.

Leia também: BMG libera empréstimo para negativados no SPC e Serasa; Veja as condições


Veja mais sobre

Voltar ao topo

Deixe um comentário