scorecardresearch ghost pixel

Empréstimo que devolve parte do dinheiro de volta? Conheça oferta da parceria PAN e Méliuz

Além dos cartões de crédito, programas de cashbacks chegam também nos empréstimos. Modalidade pode ser contratada até mesmo por negativados.

Com a diversidade de bancos e fintechs no mercado financeiro, as instituições financeiras têm oferecido mais vantagens para atrair os seus clientes. E nas linhas de crédito, se popularizou os programas de cashback, que devolvem parte do dinheiro gasto nas compras.

No entanto, o serviço está indo além. Agora é a vez de receber dinheiro de volta até mesmo no empréstimo consignado. E é isso que o Banco PAN está oferecendo, em parceria com o aplicativo de carteira digital, o Méliuz.

Dessa forma, consumidores negativados e até mesmo com restrição nos órgãos de proteção ao crédito, SPC/Serasa poderão receber 1% de cashback no crédito consignado.

A modalidade é destinadas ao aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), e aos servidores públicos. O dinheiro das parcelas é descontado automaticamente do salário ou benefício do INSS, por isso não possui tanto risco de inadimplência.

Como contratar o empréstimo Banco PAN e Méliuz?

Para contratar o empréstimo consignado do Banco PAN é preciso acessar o aplicativo Méliuz e seguir o passo a passo:

  1. Fazer o cadastro na plataforma;
  2. Procurar por “Banco PAN empréstimo consignado”;
  3. Realizar a contratação.

Conforme o valor solicitado no empréstimo, o cashback aparecerá no extrato do Méliuz como pendente.

O crédito será aprovado pelo Banco PAN dentro do prazo de 30 dias, devendo ser assinado o contrato. Logo em seguida, o dinheiro de volta será confirmado no app Méliuz.

Além disso, é válido destacar que ao alcançar R$ 20 de saldo de cashback na conta do Méliuz é disponibilizado o resgate da quantia, pela conta corrente ou poupança. A transação é 100% gratuita, exigindo apenas a informação dos dados bancários.

Veja ainda: Empréstimo consignado pode ser suspenso em 2020? Entenda!


Veja mais sobre

Voltar ao topo

Deixe um comentário