scorecardresearch ghost pixel



6 dicas cientificamente comprovadas para perder gordura abdominal

Objetivo de muitas pessoas, especialmente próximo ao verão, pode ser atingido com uma simples mudança de hábitos.



É muito normal encontrar relatos de pessoas afirmando que seu peso flutuou durante a pandemia, mas que agora querem o corpo antigo de volta. Se você está passando por isso, saiba que não está, nem de longe, sozinho.

Leia mais: Aprenda a cultivar salsinha em vasos e dentro de casa sem segredo

Um estudo do American Institute of Stress mostra que há correlação entre picos no cortisol (hormônio do stress) e ganho de peso. Especificamente, esses picos estão ligados ao aumento de gordura da barriga.



Mais do que uma questão estética, a gordura abdominal exagerada eleva os riscos de diabetes, doenças cardiovasculares, derrame e câncer colorretal. Se livrar dela pode ser mais difícil ainda para as mulheres que estão na pré-menopausa, porque a queda nos níveis de estrogênio deixam o depósito de gordura visceral mais aparente.

Mas por mais complicado que seja, não é impossível. Conheça alguns hábitos que você precisa adotar para voltar à forma que deseja.



Dicas para perder gordura abdominal

1 – Beber água

Nossas células precisam de água para tudo, inclusive para eliminar gordura. A falta de água provoca inchaço, dá a impressão de mais barriga e ainda afeta o funcionamento do metabolismo. Aumente seu consumo de água o quanto puder para evitar esses efeitos.

2 – Reduzir o álcool

Um artigo publicado no European Journal of Clinical Nutrition revela que uma bebida alcoólica por dia é o suficiente para aumentar a circunferência abdominal. Tomar uma bebida alcoólica de vez em quando não é um problema, e sim ter ela como hábito diário.



3 – Comer a cada 3 ou 4 horas

A frequência da alimentação também é um fator importante nesse caso. O indicado é consumir alimentos ricos em proteínas e fibras e fazer suas refeições e lanches a cada 3 ou 4 horas. Assim você fica mais satisfeito e não come tanto de uma só vez.

4 – Dormir bem

Para além das escolhas alimentares e prática de exercícios, é importante renovar seu organismo diariamente. Alterações no sono causam mudanças hormonais e dormir menos de 7 horas por dia eleva o cortisol, aquele hormônio que leva ao acúmulo de gordura. Preste mais atenção ao seu sono e invista em dormir bem.



5 – Evitar os processados

Cortar carboidratos refinados é mais efetivo para perder gordura do que parar de comer gordura, revela uma pesquisa publicada no Journal of Nutrition. Você não deve eliminar de vez esse tipo de alimento da sua vida porque o nutriente é importante para seu corpo. A dica é apenas evitar o consumo frequente.

6 – Apostar nos abdominais

Ao contrário do que muitos dizem, um estudo publicado no Journal of Health, Physical Education, Recreation mostra que exercícios localizados ajudam na queima de gordura em certas regiões do corpo. O motivo é que eles levam a um maior fluxo de sangue à região, aumentando a queima durante o cardio. Por isso, antes de começar o cardio, faça exercícios isométricos ou séries de abdominais.




Voltar ao topo

Deixe um comentário