scorecardresearch ghost pixel



Nutróloga recomenda 5 alimentos para controlar ansiedade e estresse

Incluir certos alimentos na rotina pode ajudar a reduzir os sintomas do estresse e da ansiedade. Saiba quais.



A comida tem poderes que vão muito além de alimentar e fornecer energia ao corpo. Uma alimentação correta pode retardar o envelhecimento, melhorar o humor e até ajudar a combater doenças, como o estresse e a ansiedade.

Leia mais: Lista: alimentos que não podem ou não precisam ficar na geladeira

“No Brasil, se comemora tudo com comida. É difícil você chamar algum amigo para fazer alguma coisa que não seja ao redor de uma mesa. O que precisa tomar cuidado é que, tanto na alegria quanto na tristeza, a gente pode ter focos de excesso de alimentação, e isso, dependendo da constância, acaba sendo um distúrbio alimentar”, diz a nutróloga Paula Coutinho.

Quem precisa reduzir a ansiedade e o estresse, dormir melhor e relaxar, deve apostar com alguns alimentos específicos. Conheça 5 ingredientes que vão te auxiliar nessa missão.



Abacate

O alimento auxilia na produção dos neurotransmissores, que estimulam e equilibram as células nervosas.  Além disso, o abacate é rico em vitaminas e minerais excelentes para hidratar e cuidar da pele e do cabelo.

Laranja

A fruta, fonte de vitaminas, flavonoides e betacaroteno, tem propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias. Esses nutrientes combatem o colesterol ruim, fortalecem o sistema imunológico e evitam o envelhecimento precoce. Coutinho explica que a escassez de vitamina C aumenta a produção de cortisol, o hormônio do estresse.

Leite e derivados

Fonte de proteínas e em cálcio, o leite deve fazer parte da dieta quando for possível. “Existem muitos estudos que falam que a ausência do cálcio faz com que você tenha mais ansiedade e mais tristeza. Sabe quando a gente fica com aquela sensação de monotonia? A ausência do cálcio pode causar isso”, explica a especialista.



Castanha-do-Pará

Esse ingrediente é rico em proteínas, fibras, selênio, magnésio, fósforo, zinco e vitaminas B e E. “O alimento pode ajudar no sono, além de ser ótimo para pessoas que sofrem com a ansiedade, mas é necessário tomar cuidado com a quantidade”, detalha. Mas atenção: a castanha pode ser tóxica se consumida em excesso.

Combo serotonina

Brócolis, banana e melancia fazem parte de um grupo seleto de frutas e vegetais que carregam triptofano, um aminoácido importante que o organismo não consegue produzir. Junto, o trio reúne triptofano, B6 e B9, que estimulam a produção de serotonina pelo organismo.




Voltar ao topo

Deixe um comentário