scorecardresearch ghost pixel



Dinheiro esquecido: veja quando será possível fazer o saque dos valores

Na consulta não é possível ter acesso aos valores ainda.



A possibilidade de ter dinheiro esquecido em algum banco tem animado milhões de brasileiros, que agora poderão receber uma quantia que não estavam esperando. Contudo, cerca de 15 milhões de pessoas que possuem esse saldo no Banco Central ainda não fizeram a consulta e a solicitação do seu dinheiro de volta.

Leia ainda: Veja quando sai o saque do “dinheiro esquecido” do Banco Central

De acordo com informações do Banco Central, a primeira fase de liberação dos valores está prevista para 28 milhões de brasileiros, desses, 26 milhões são pessoas físicas e 2 milhões são empresas.



Consulta dos valores a receber

Essa consulta pode ser feita apenas pela página oficial do Banco Central: valoresareceber.bcb.gov.br. E é muito fácil, no caso das pessoas físicas, basta informar o CPF completo e a data de nascimento. Para pessoas jurídicas é preciso informar o CNPJ e a data de abertura da empresa.

Logo depois, em uma nova página aparecerá a informação se você tem ou não valores a receber, juntamente com a data para fazer a solicitação dos valores, caso tenha algo nas instituições financeiras.

O agendamento do saque deve ser feito também de forma simples, com o seu login gov.br. Caso você não tenha conta gov.br, basta que acesse o link: contas.acesso.gov.br/.



As datas de agendamento serão de acordo com o ano de nascimento da pessoa ou da criação da empresa, veja no calendário abaixo:

Data de nascimento (pessoa) ou de criação (empresa) Período de agendamento (consulta e resgate) Data de repescagem (para quem perder a data agendada)
Antes de 1968 7 a 11 de março 12 de março
Entre 1968 e 1983 14 a 18 de março 19 de março
Após 1983 21 a 25 de março 26 de março

O valor não será disponibilizado imediatamente pelo Banco Central, que apenas aponta o dia do agendamento, neste dia, a pessoa poderá verificar o valor e também agendar o saque.

Portanto, vale ressaltar que os valores podem variar de pessoa para pessoa.




Voltar ao topo

Deixe um comentário