scorecardresearch ghost pixel



Auxílio de R$ 3 mil: governo inicia entrega dos cartões; veja quem recebe

Governo do estado começa a distribuir milhares de cartões para pagamento do auxílio no valor de R$ 3 mil.



Começou a entrega do cartão que dá acesso ao novo auxílio emergencial estadual de R$ 3 mil. O benefício criado pelo governo do Rio de Janeiro vai ajudar mais de mil famílias que precisam de recursos para reconstruir suas moradias após desastres naturais.

Leia mais: Saque extraordinário do FGTS: Veja quem poderá sacar até R$ 1.000 esta semana

A princípio, foram contemplados os cidadãos que vivem na Baixada Fluminense, nos municípios de Belford Roxo e Mesquita. Para esse grupo, a entrega ocorreu no último sábado, 14.



Os moradores das cidades mencionadas perderam vários ou todos os bens após serem vítimas de enchentes, deslizamentos, desabamentos e/ou incêndios. O objetivo do projeto é ajudar nesse recomeço, por esse motivo, ele foi batizado de Cartão Recomeçar.

“Estamos ajudando a reconstruir vidas e histórias de famílias que perderam tudo durante os temporais deste ano. Com o Recomeçar, os cidadãos podem comprar novos móveis e eletrodomésticos, além de materiais de construção. Estamos investindo em ações que garantam os direitos básicos dos cidadãos fluminenses”, disse o governador Cláudio Castro.

Apenas cidades que decretaram estado de calamidade pública ou de emergência, devidamente reconhecido pela Defesa Civil, poderão distribuir o auxílio. Esse também é o caso municípios como Petrópolis, Nova Iguaçu e Magé.

Quem tem direito? Como utilizar?

O governo do Rio estima que cerca de 20 mil famílias de 26 municípios terão acesso ao novo benefício. As últimas catástrofes naturais no estado resultaram em mais de 200 mortes nos últimos meses.



Para ter acesso ao cartão, é necessário estar inscrito no Cadastro Único (CadÚnico). A prefeitura de cada local é responsável por selecionar os beneficiários com base nos dados informados ao sistema, e repassar a lista às autoridades estaduais.

O Cartão Recomeçar é emitido pelo Banco do Brasil e pode ser usado em estabelecimentos específicas, como lojas de mobiliário residencial e eletrodomésticos (geladeira, freezer, lavadora de roupas, entre outros). Ele será habilitado para uso 72 horas após entrega, e o valor não poderá ser sacado em espécie.




Voltar ao topo

Deixe um comentário