scorecardresearch ghost pixel



Após cinco anos endividado: meu nome volta a ficar limpo e eu posso voltar a comprar?

Saiba se após 5 anos endividado a dívida deixa de existir ou não.



Estar com o nome sujo, ainda mais em tempos de crise como esse em que estamos vivendo por conta da pandemia, não é considerado nada demais. Isso porque, com o fechamento de diversas empresas e comércios, muitas pessoas acabaram se desestabilizando financeiramente.

Veja também: Saiba como negociar suas dívidas em 12x e limpar seu nome imediatamente

Por conta dessas desestabilização, e de diversos outros fatores, muitas vezes acabamos não conseguindo honrar com o nosso compromisso de pagamento e, com isso, temos nosso nosso na lista dos maus pagadores.

No entanto, as pessoas que se encontram com o nome sujo, certamente têm o sonho de limpar o nome, afinal, estar nesta situação pode fazer com que muitos processos, como, por exemplo, solicitação de crédito, sejam dificultados.



Além disso, estar com o nome sujo significa, muitas vezes, ter a porta de diversos comércios fechados, afinal, você está sendo mal visto como pagador.

Tendo esses tópicos em vista, muitas pessoas acabam se questionando sobre como fica a situação após cinco anos, se podem ou não voltar a comprar e solicitar créditos. Assim, para que essas dúvidas sejam esclarecidas, continue a leitura e entenda tudo por trás do nome negativado.

Endividados no Brasil

Nos dias atuais, mais de 60 milhões de pessoas se encontram em situação negativa e, como mencionamos, a situação acabou sendo agravada por conta das famílias estarem com o orçamento comprometido pelo desemprego.

Além disso, muitos desses endividados não acham soluções para conseguirem quitar suas dívidas, fazendo com que a situação vire cada dia mais uma bola de neve, afinal, sem conseguir solucionar as pendências, os negativados sofrem ainda mais por conta da liberação de crédito.



A dívida pode caducar após 5 anos?

Diferente do que muitas pessoas pensam, após 5 anos a dívida não deixa de existir, no entanto, o nome é retirado do Serasa e do SPC. Isso só ocorre, porque após esse período, os registros de débito são retirados do sistema de créditos, já que não é mais possível pedir a cobrança na justiça.

Apesar da retirada, vale destacar, ainda, que a dívida não deixa de existir, e caso a loja ainda queira o pagamento, ela pode entrar na justiça exigindo o pagamento do crédito.

Com essa retirada, no entanto, o score do indivíduo pode voltar a melhorar e, com isso, suas chances de novos créditos no mercado aumentam, porém, mesmo com essa possibilidade, o melhor caminho é procurar quitar todas as dívidas o quanto antes, afinal, deitar a cabeça no travesseiro e descansar sem se preocupar com nenhuma dívida é a melhor sensação.




Voltar ao topo

Deixe um comentário