scorecardresearch ghost pixel

O que você deve (e não deve) fazer com seu cartão de vacina Covid

Mais do que um simples comprovante que de você está imunizado, o cartão de vacinação é um documento importante para ir e vir em tempos de pandemia.

O cartão você recebeu na vacinação contra a Covid-19 é mais do que uma lembrança – é a sua cópia física do comprovante de vacinação.

No futuro é provável que ele seja algum tipo de “passaporte de vacina”. Até que isso seja lançado, não jogue fora seu cartão. Confira a seguir o que fazer com seu cartão de vacinação.

1 – Faça uma cópia. Como acontece com todos os documentos únicos, é bom fazer uma cópia digital ou em papel e mantê-la em um local separado e seguro.

2 – Lamine de graça. Lembre-se de que a laminação significaria que você não poderia adicionar mais informações ao cartão, como segunda dose.

3 – Não carregue com você. A exceção seria para viagens em que você será solicitado a apresentar comprovante de vacinação – e, atualmente, isso não está acontecendo no Brasil.

4 – Não compartilhe imagens online. Com seu nome, data de nascimento e local de vacinação, ladrões de identidade podem começar a reunir dados que você não quer que eles tenham.

5 – Não o perca. Neste ponto, provavelmente seria necessário algum telefonema para encontrar a pessoa certa para ajudá-lo a recuperar as informações. As autoridades de saúde pública aconselham que você comece pelo site onde marcou sua consulta de vacinação. Se você tiver dúvidas, procure a Secretaria de Saúde do seu estado, que tem dados sobre quem foi vacinado.

Veja também: Anvisa aprova uso emergencial da vacina Janssen contra Covid-19


Voltar ao topo

Deixe um comentário