scorecardresearch ghost pixel

Caixa Tem bloqueado? Saiba o que fazer em caso de bloqueio do aplicativo

Bloqueio pode impedir o acesso a benefícios como auxílio emergencial, abono salarial do PIS/Pasep e valores de outros programas sociais do governo.

A Caixa informou recentemente que usar o mesmo celular para acessar mais de uma conta no Caixa Tem pode fazer com que o aplicativo seja bloqueado, já que ele é programado para aceitar somente uma conta por chip e até duas contas por aparelho.

Com o bloqueio, o cidadão pode ficar sem acesso a benefícios como auxílio emergencial, abono salarial do PIS/Pasep e valores de outros programas sociais do governo.

Para reverter o bloqueio por uso de múltiplas contas, o usuário deve se dirigir a uma agência da Caixa, onde o desbloqueio é feito imediatamente, segundo o banco. Mas clientes criticam o risco de contaminação a que se submetem em meio à pandemia de Covid-19 e reclamam da demora para serem atendidos nas unidades do banco.

O que é o Caixa Tem?

O aplicativo da Caixa foi desenvolvido para ser uma poupança social digital, na qual o governo deposita o auxílio emergencial para os contemplados, com exceção de beneficiários do Bolsa Família.

Em dezembro, o banco estatal passará a utilizar o aplicativo também para o grupo do Bolsa Família e para pagamento do abono salarial (PIS/Pasep). Além disso, o app já é usado para depósito do BEM (Benefício Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda) para empregados intermitentes.

Dificuldades com o desbloqueio

Ana Paula Santos, uma professora fluminense de 44 anos, relatou ter enfrentado dificuldades após seu aplicativo ter sido bloqueado. Beneficiária do auxílio e moradora de Angra dos Reis (RJ), ela precisa ter acesso à poupança digital da mãe, uma idosa de 70 anos que vive em Volta Redonda (RJ).

“As coisas em Volta Redonda estão cada vez piores, aí achei melhor que ela não fosse mais à lotérica enfrentar fila. Minha mãe tem 70 anos e é cheia de comorbidades. Então eu acessava o Caixa Tem pelo meu celular, com o CPF dela”, disse a professora.

Segundo ela, há apenas uma agência da Caixa de Angra dos Reis, município que tem cerca de 207 mil habitantes, o que dificulta o atendimento presencial. “Como é que vou fazer para ir lá com meu bebê pequeno, sabendo que vou ficar oito horas na fila?”, perguntou.

Seu plano agora é tentar explicar a mãe por telefone como acessar o Caixa Tem sem ajuda.

Suspeita de hackers

Claudirene Coelho, uma operadora de caixa de 43 anos, disse que tentou atendimento quatro vezes em uma agência da Caixa em Santa Luzia (MG), mas não obteve sucesso. Segundo ela, o banco informou que conta foi bloqueada por suspeita de ataque hacker.

“Fiz os testes na presença dos funcionários da agência, mas eles me falaram que não podiam fazer mais nada. O suporte tecnológico da caixa disse que tinha um bloqueio por monitoramento e, mesmo informando todas as vezes em que fui até a agência, me ignoraram”, contou.

Como desbloquear o app?

O banco estatal reiterou que o usuário que receber a mensagem “Procure uma agência da CAIXA com seu documento de identidade para regularizar seu cadastro” deve se dirigir a uma agência, reafirmando que o desbloqueio ocorre na mesma hora.

No entanto, se a mensagem for de “inconsistência cadastral”, o beneficiário deverá acessar o aplicativo novamente e anexar a documentação solicitada, sem necessidade de se dirigir a uma unidade da Caixa. Depois disso, o Caixa Tem enviará mensagem com um link que redireciona para uma conversa no WhatsApp.

A Caixa alertou a todos que, para evitar golpes, jamais cliquem em links enviados por outro aplicativo que não seja o do Caixa Tem.

Leia mais: Caixa Tem faz primeiro pagamento ao Bolsa Família neste mês; Veja quem tem direito


Voltar ao topo

Deixe um comentário